Felizes para sempre...

Não existe segredo e ninguém disse que é fácil, mas dá sim pra levar um casamento harmônico e feliz que possa até durar para sempre. A Dianética, método desenvolvido pelo norte-americano L. Ron Hubbard, tem dicas valiosas sobre o assunto, e a especialista Lucia Winther separou algumas.
Busque o autoconhecimento. É muito mais fácil construir um relacionamento quando as partes são bem-resolvidas. A Dianética ensina que nossa mente está dividida em analítica, ou racional, e reativa, aquela que grava sofrimentos do passado e entra em ação quando certos mecanismos internos e externos são acionados. Palavras, situações ou até mesmo um cheiro podem trazer esses sentimentos à tona, sem que você entenda porque está se sentindo triste, brava ou nervosa. A solução é buscar se conhecer, entendendo e encarando os fatos passados que ainda influenciam o presente.
Entenda suas atitudes. Quantas vezes não temos atitudes desmedidas com nosso parceiro? Já se descabelou porque ele fez uma inocente menção a uma antiga namorada, ou porque atrasou dez minutos? Frequentemente, falamos e fazemos coisas que não queríamos com quem amamos. Mais uma vez, aparece a Dianética para nos alertar que as atitudes podem ter raízes no passado. Por isso, da próxima vez pare e pense se realmente está brigando por causa da toalha molhada em cima da cama, ou se o buraco é mais embaixo.
Invista na comunicação. Esse ponto é chave para Hubbard. Ele ensina que uma comunicação aberta, sincera e afetuosa, que respeite os pontos de vista do parceiro, é fundamental para um bom relacionamento. Não tenha medo de ser honesta, e deixe claro para seu parceiro o quanto é importante para você que conversem e cheguem a conclusões – mesmo que não seja a mesma para os dois.
Respeito é bom e todos gostam. Amor e respeito devem caminhar lado a lado, e isso não pode diminuir com a intimidade. Nada de fazer graça com os gostos do seu amado, ou de falar mal dele na frente dos amigos. Durante uma briga, quando a situação estiver beirando a violência (física ou verbal), os dois devem sair para lados opostos e dar algumas voltas no quarteirão até que se sintam mais tranquilos para conversar amigavelmente.
Não fuja dos problemas. Você pode ignorar, fingir que não é com você, tentar passar por cima e até escolher sofrer as consequências, mas nada disso vai acabar bem. Se existe um problema entre vocês, encare de frente e ataque a questão. Converse, exponha seus sentimentos e aborde os vários aspectos do problema. Só assim você vai ficar em paz com ele e com você mesma, e poderão seguir com o relacionamento.


Saiba mais acessando
 www.dianetica.org.br

Template Design by Ver e Fazer Published by Feltro Moldes Download This Como Fazer